segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Martinez, a origem dos Martinis


Por Juliana Raimo
A denominação Martini hoje é dada aos drinks servidos no copo Martini. Logo, drinks - como Cosmopolitan, Apple Martini, Dry Martin - entram nesta categoria. Um dos martinis mais antigos da história da coquetelaria é o Martinez, considerado o “avô” dos Martinis (1887). Alguns dizem que ele foi inventado por um homem chamado Martinez, que uniu o gim com o vermute. Outros que Jerry Thomas o criou para um homem que viajava para Martinez, na Califórnia, todos os dias. De uma forma ou de outra, ele é feito hoje em dia com:



Martinez




















- 2 doses de Gin
- 1 dose de Vermute Rosso
- ¼ dose de licor Maraschino
- “espirro” de um bitter de laranja
- Twist de limão




Preparo

Misture todos os ingredientes, exceto o limão em uma coqueteleira cheia de gelo. Mexa com uma colher bailarina todos os ingredientes. Despeje em um copo Martini previamente gelado.

Já a receita original segundo Jerry Thomas (1887), e que consta no meu mais recente livro adquirido “The Ultimate Little Martini Book”, por Ray Foley, é:


Martinez, por Jerry Thomas




Em um copo baixo de bar:
- 1 “espirro” de Bocker’s Bitter
- 2 “espirros” de Maraschino
- 1 dose de Old Tom gin
- 1 copos de vinho de Vermute
- 2 pedras de gelo

Modo de preparo igual ao drink acima. Se o cliente preferir mais doce adicione duas colheres de bar de syrup (açúcar diluído em água) Em São Paulo, em minhas degustações de drinks, provei diferentes versões deste coquetel tradicional nos seguintes bares:

Nenhum comentário:

Postar um comentário